Os juros compostos na nossa vida financeira

Olá!

Vamos conversar neste post sobre a importância e o cuidado que se deve ter com o efeito no longo prazo do regime de juros compostos.

Ao longo do tempo temos um efeito financeiro importante que deve se levado em conta tanto nos nossos investimentos como quando financiamos algum bem ou mesmo pegamos dinheiro emprestado.

Este fator é exatamente o efeito exponencial dos juros compostos.

Toda a economia mundial é regida por este efeito. Independente do país sempre vamos encontrar no mercado financeiro a aplicação de taxas de juros compostas nos financiamentos e na análise de investimentos.

Neste tipo de taxa temos um efeito “em cascata” dos juros. São o que chamamos de Juros Sobre Juros.

Ou seja, em uma aplicação os juros gerados ao longo de um período de capitalização irão gerar novos juros.

No longo prazo, em especial quando temos taxas elevadas, isso faz com que o saldo devedor aumente de forma exponencial.

juros-compostos

Por exemplo.

Suponha que tenhamos uma aplicação de R$ 2.0000 a uma taxa de 5 % ao mês.

Após 12 meses teremos um valor futuro de R$ 3.591,71.

Depois  24 meses o saldo da aplicação será de R$ 6.450,20.

Por fim, ao fim de 36 meses este mesma aplicação irá gerar um valor final de R$ 11.583,63.

Os cálculos foram feito no site calculadora juros compostos.

Note o aumento exponencial do saldo devedor.

Se continuarmos nosso exemplo, ao final de 60 meses o saldo final da aplicação, utilizando a mesma taxa de 5% ao mês, será de R$ 37.358,37.

Um aumento nitidamente exponencial.

Esse efeito dos juros compostos pode ir contra ou a favor dos nossos interesses financeiros.

Se soubermos nos beneficiar deles podemos ganhar muito no longo prazo.

Por outro lado, se estamos pagando juros, temos que ter muito cuidado, pois este efeito pode comprometer nosso orçamento e finanças pessoais.

Matematicamente falando a fórmula dos juros compostos é: FV = PV . (1+i) ^n

Onde PV é o valor da aplicação. FV é o valor futuro da aplicação. i é a taxa de juros compostos. e n é o número de meses da aplicaçào.

Note que temos uma fórmula exponencial pois o temos 1+i está sendo elevado a n.

É isso,

Esperamos que tenham mais cuidado quando estiver fazendo um financiamento ou um apalicaçào.

Se quiser saber mais, veja o vídeo abaixo: